voltar para Página InicialPublicações NEIPPolítica de Drogas no Brasil: Conflitos e Alternativas

Política de Drogas no Brasil: Conflitos e Alternativas

Campinas, Mercado de letras, Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre Psicoativos. 2018.

Beatriz Caiuby Labate & Thiago Rodrigues (orgs).

No mundo atual, um grande número de drogas, diferentes em seus usos e propriedades, está reunida numa mesma categoria: a de substâncias proibidas. No entanto, a perseguição a muitas dessas drogas, cujo consumo é parte de práticas sociais e culturais por vezes milenares, leva a sérios conflitos. Ao analisar a história do paradigma proibicionista no plano internacional e no Brasil, o livro visa oferecer elementos para a compreensão de como certas drogas, seus usos e seu mercado foram constituídos, ao longo do século XX, como problemas de saúde pública, segurança pública, segurança nacional e internacional. Assim, os capítulos propõem diversas visões sobre os efeitos do proibicionismo, precisamente sobre os aspectos da segurança e da saúde coletiva e individual, dando atenção à relação entre as atuais políticas de drogas, o narcotráfico e os altos níveis de violência social a ele associados. Em sintonia com o debate contemporâneo e atentos às novas propostas de alternativas legais, os capítulos promovem uma reflexão sobre experiências atuais de regulação das drogas psicoativas para além da repressão e da atualização constante de preconceitos, estigmas sociais e da permanente conversão de cidadãos em “inimigos públicos” e “morais”. Ao mesmo tempo, o livro procura fortalecer o papel, a contribuição e a especificidade das ciências sociais no debate público sobre drogas no Brasil.

Índice e Resumo dos Capítulos
Table of Contents
Flyer